Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Câmara realiza Sessão Solene para entrega de Comenda do Mérito Municipal

Publicado em 08/08/2018 às 16:12 - Atualizado em 08/08/2018 às 16:12


Créditos: Câmara de Botuverá Baixar Imagem

A Câmara de Vereadores de Botuverá realizou na noite de terça-feira, 07 de agosto, Sessão Solene para entrega da Comenda do Mérito Municipal aos sócios da primeira fiação fundada no município, em reconhecimento ao empreendedorismo, trabalho e desenvolvimento da indústria têxtil e no setor econômico de Botuverá.

A solenidade, que aconteceu no Salão Paroquial São José, contou com a presença de familiares, amigos e admiradores dos homenageados, além da presença ilustre do diretor-presidente da Havan, Luciano Hang, do prefeito, José Luiz Colombi e do vice-prefeito, Alcir Merizio.

O Legislativo entregou a condecoração a dez personalidades que contribuíram para o desenvolvimento do setor têxtil no município. São eles: Mário Feuzer, Alexandre Dalcegio, Célio Vargas, Dino José Dalcegio, Ismar João Pedrini, José Fachini, Olga Júlia Brogni, Sérgio José Colombi, Valdir Domingos Paloschi e Antonio Ogliari.

Além dos homenageados pela fundação da primeira fiação no município, foram homenageados os ex-prefeitos, Ademir Maestri, Nilo Barni e Moacir Merizio, pelo incentivo à indústria têxtil com aquisição de terrenos para áreas industriais doadas para os empresários. Também foi homenageado o diretor-presidente da Havan, Luciano Hang, pelo reconhecimento e pela contribuição no desenvolvimento do esporte educacional, através de doações ao Fundo para Infância e Adolescência – FIA de Botuverá.

Hoje, Botuverá é efetivamente industrial, e esse objetivo só foi alcançado devido ao espírito empreendedor, criatividade e pela persistência de Mário Feuzer e dos empresários que deram início a esta grande história do setor têxtil, que iniciou em 1985 quando surgiu a primeira indústria têxtil de Botuverá.

Atualmente a Fiação Botuverá conta com uma produção mensal de 500 toneladas de fio de algodão. Foi a precursora de outras fiações que hoje produzem no município cerca de 3.700 toneladas de fio por mês, gerando emprego e promovendo o desenvolvimento econômico e o bem estar social de Botuverá. Essa herança, que modificou a base da economia, transformou Botuverá num importante município da cadeia produtiva têxtil catarinense. 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar